fbpx
Kenzie Academy Brasil entrega novo site para ONG É Possível Sonhar

Kenzie Academy Brasil entrega novo site para ONG É Possível Sonhar

A entrega do novo site é resultado de um trabalho voluntário realizado pelos alunos da Kenzie Academy e time de ensino

Durante alguns finais de semana, a Kenzie Academy Brasil desenvolveu o novo site da ONG É Possível Sonhar, uma organização sem fins lucrativos do Rio de Janeiro, que acolhe e resgata a dignidade, autoestima e sonhos de crianças e mulheres vítimas de violência física, emocional e sexual. O projeto reuniu o time de ensino da Kenzie e alguns alunos que também se voluntariaram a participar. Por meio de um trabalho coletivo, o time da Kenzie entregou um site mais funcional para a ONG. Para conferir o resultado, basta clicar no link: https://institutoepossivelsonhar.org/

A ONG É Possível Sonhar tinha a carência de um ambiente virtual para expor suas atividades e projetos e, também, a necessidade de um espaço para divulgar seus conteúdos relevantes e de importância social. Pensando nisso, o time da Kenzie desenvolveu um site moderno e responsivo, tanto para desktop quanto para mobile, melhorando a visibilidade e divulgação dos trabalhos.

Além de desenvolver a página web, também foi criada uma aplicação no servidor para que a ONG pudesse fazer as postagens, conforme necessidade, alimentando o próprio site, resultando em uma ferramenta muito útil de gestão de conteúdo.

Desenvolvimento e resultados

O projeto contou com a participação de 15 pessoas do time da Kenzie (maioria alunos) além de instrutores e facilitadores do time de ensino da Kenzie, que estavam supervisionando e dando suporte para o desenvolvimento do projeto.

O ritmo e nível do trabalho foram ao melhor estilo Hackathon. Além da experiência de poder participar de um projeto voluntário e de entrega qualificada, os alunos da Kenzie puderam revisar as técnicas de design responsivo, com a ajuda de um designer convidado, que construiu as telas de mockup.

Segundo Guilherme Gervasio, facilitador na Kenzie Academy Brasil, essa interação dos alunos com um designer foi bem significativa e agregou bastante na experiência, aprendizado e na entrega, principalmente em relação ao front end, pelo fato dos alunos aprenderem na prática, tirando dúvidas sobre como implementar a parte visual mais fiel possível ao que estava sendo proposto no design.

“Uma parte interessante para nossos alunos foi a programação e a experiência do trabalho em grupo. Eram muitas pessoas programando ao mesmo tempo, por isso, consideramos que foi uma oportunidade para desenvolverem suas soft skills, pois eles puderam sentir que o ritmo acaba ditando as regras do jogo”, diz Guilherme.

Complementando Guilherme, Ugo Roveda, co-fundador da Kenzie Academy Brasil comenta que o mais legal de todo o desenvolvimento do projeto foi unir o aprendizado dos alunos para ajudar a ONG, que precisava de um site para ganhar ainda mais visibilidade para a causa. “Foi muito bacana ver a aderência dos nossos alunos para ajudar em uma causa que é extremamente relevante. Além de desenvolverem suas habilidades técnicas, aqui na Kenzie, queremos que nossos alunos desenvolvam diariamente suas soft skills, além de valores como senso de comunidade, respeito e apoio ao próximo”, finaliza Ugo.

Como aconteceu a parceria

Por meio da FreeHelper (startup social, sem fins lucrativos, que trabalha para aproximar ONGs e voluntários especializados) a Kenzie foi convidada para participar do projeto e fazer parte da iniciativa. Segundo Amanda Cavali, Analista de Projetos na FreeHelper, a parceria funcionou muito bem e resultou em benefícios para todos os envolvidos.

“Para nós foi muito interessante juntar a Kenzie com a ONG É Possível Sonhar. Foi uma parceria que trouxe resultados significativos para ambas as partes. A Organização conseguiu um site mais funcional, de forma gratuita, direcionando recursos, que iam ser gastos no site, para melhorar o atendimento que já faz. Além de desenvolver habilidades nos alunos da Kenzie, que ganharam experiência e colocaram em prática seus aprendizados”, comenta Amanda.

Para conferir o novo site da ONG É Possível Sonhar, desenvolvido pelo time da Kenzie, acesse: https://institutoepossivelsonhar.org/

Leia também:

O que faz um desenvolvedor front end?

O que são Soft skills e Hard skills?

0
Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *